Flamengo campeão no Morumbi será mais uma desmoralização para o São Paulo na temporada!

Carlos Sartori
Carlos Sartori

O São Paulo sobrevive em mais uma temporada para esquecer. Tinha o título do Campeonato Brasileiro nas mãos e deixou escorrer pelo ralo. 

Até agora não deu para engolir como um clube que liderava tranquilamente até a 30ª rodada, foi líder 14 vezes, despencou para a quarta posição na jornada seguinte e deu adeus ao título. O São Paulo se perdeu na reta final do campeonato. O ex-comandante Fernando Diniz é até agora o técnico que mais liderou no Brasileirão (14 vezes). 

De novo, faltou um melhor planejamento para o clube que foi exemplo de quase perfeição no futebol brasileiro nas décadas de 1990 e 2000. 

O interino Marcos Vizolli na derrota para o rebaixado e lanterna Botafogo
O interino Marcos Vizolli na derrota para o rebaixado e lanterna Botafogo Rubens Chiri / São Paulo

O São Paulo estava jogando um futebol bonito, depois que foi eliminado do Campeonato Paulista, da Copa do Brasil e da Libertadores. Mirou o Brasileirão como a salvação da temporada, e depois de quase conseguir, mergulhou em uma profunda crise. 

O time entrou em 2021 irreconhecível! Somou apenas sete pontos em 10 jogos com uma vitória, cinco derrotas e quatro empates. Tomou mais gols do que fez (10 a 18). Um aproveitamento pífio de 23,3%.

Com esses péssimos números de 2021, o Tricolor seria o vice-lanterna à frente apenas do Botafogo que conquistou cinco e atrás do Vasco que somou nove. Ou seja, campanha comparada a de times rebaixados. 

Interino do São Paulo, Vizolli admite que críticas da torcida são justas




E quando a fase não é boa, tudo acontece. O São Paulo não tinha perdido nenhuma cobrança de pênalti no Brasileirão 2020. E ela veio de forma amarga na derrota para o lanterna e rebaixado Botafogo por 1 a 0. 

O atacante Luciano com 17 gols no campeonato, além de ver o goleiro adversário pegar a cobrança, deixou de assumir a artilharia isolada. 

Classificado para a Libertadores 2021, o São Paulo precisará vencer o Flamengo na última rodada para confirmar vaga no G-4 sem se preocupar com o resultado de Fluminense e Fortaleza. 

Esse seria o maior triunfo do clube paulista no ano. A quarta colocação no Brasileirão colocaria o São Paulo direto na fase de grupos da competição sul-americana. 

Eugênio Leal analisa 'final' para o Flamengo: 'Futebolisticamente sobra muito hoje diante do São Paulo'



O mais duro é saber que os dois últimos títulos brasileiros decididos no estádio do Morumbi, em 2006 e 2007, foram conquistados pelo São Paulo. 

Coincidência ou não, o goleiro era Rogério Ceni e o técnico Muricy Ramalho, o segundo treinador com mais vitórias na história do Brasileirão (235). Ele só fica atrás de Vanderlei Luxemburgo (349). 

Muricy retornou ao clube para organizar à casa, antes do São Paulo naufragar no Brasileirão, e nada pode fazer. Sobrou para o treinador Fernando Diniz e o diretor de futebol e ídolo, Raí. 

O que aprendi nos últimos anos é que o São Paulo não sabe tratar com respeito e carinho os seus ídolos. Daniel Alves, por exemplo, teve uma apresentação de ídolo, sem nenhuma identificação com o clube. Tudo errado! 

E o cara que não serviu em seu primeiro trabalho como treinador do clube, depois de 15 anos de ótimos serviços prestados ao time do Morumbi, hoje é a bola da vez. 

Caso o Flamengo do comandante Rogério Ceni seja campeão nesta quinta-feira (25), no duelo contra o São Paulo e na sua casa, o Morumbi, será a desmoralização total do gigante Tricolor! 

Se isso acontecer, o eterno ídolo são-paulino será a mais completa tradução de como o mundo da voltas. 

Quem sabe se com ele à frente do Tricolor e todo o conhecimento do clube, o título do São Paulo no Brasileirão que não vem desde 2008, não seria colocado na sala de troféus do Morumbi? 

A volta olímpica do Rubro-negro no estádio do gigante Tricolor será dura de digerir, mas servirá de aprendizado! 

Comentários

Flamengo campeão no Morumbi será mais uma desmoralização para o São Paulo na temporada!

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Chelsea e Manchester City na final da Champions League é a prova de que a Premier League é o melhor campeonato da Europa!

Carlos Sartori
Carlos Sartori

Independentemente das duas equipes inglesas terem apenas um título na maior competição de clubes da Europa, Chelsea (2012), e quatro participações em finais, a primeira do Manchester City, e três do rival (2008, vice, 2012 e 2021), o futebol inglês domina o futebol europeu. 

O Chelsea foi gigante contra o maior campeão da competição, o Real Madrid, nesta quarta-feira (5), e venceu por 2 a 0, 3 a 1 no placar agregado.

Chelsea domina, vence o Real Madrid e está na final da Champions League; veja como foi



O Manchester City passeou contra o PSG, fora e em casa, 2 a 1 e 2 a 0, 4 a 1 na soma dos dois jogos.

Não será a primeira vez que dois clubes ingleses fazem uma final da Champions League. 

Em 2008, Manchester United e Chelsea fizeram a primeira final inglesa na competição. O United levou a melhor.

Em 2019, Liverpool e Tottenham repetiram à finalíssima. Deu Tottenham. 

A final entre Manchester City e Chelsea terá dois treinadores que já chegaram à decisão na Champions. Pep Guardiola, bicampeão com o Barcelona em 2009 e 2011. E o alemão Thomas Tuchel, vice-campeão com o PSG em 2020. A segunda final seguida do treinador. 

Chelsea bate Real e chega à 3ª final da Champions
Chelsea bate Real e chega à 3ª final da Champions EFE

No retrospecto geral, os dois clubes ingleses já se enfrentaram 167 vezes na história. O Chelsea, de Tuchel, leva a melhor com 69 vitórias, 40 empates e 58 derrotas. 

O Chelsea derrotou o City na semifinal da Copa da Inglaterra e jogará no sábado contra o rival, pela Premier League. No duelo, o possível título da equipe de Pep Guardiola.

O encontro caseiro pela Champions League será fora de casa, em Istambul, na Turquia, no dia 29 de maio. 

Um prêmio para o melhor futebol da Europa!


Comentários

Chelsea e Manchester City na final da Champions League é a prova de que a Premier League é o melhor campeonato da Europa!

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Libertadores: Brasileiros brilham em noite de vitórias, show de Gabigol, Hulk, Rony e Marinho, com 14 gols!

Carlos Sartori
Carlos Sartori

Os quatro clubes brasileiros que entraram em campo na noite desta terça-feira (4), pela 3ª rodada da Libertadores, venceram e marcaram 14 gols, média de 3,5 por partida.

Comandado por Marinho, autor de um gol, o Santos se recuperou após duas derrotas e conquistou a primeira vitória com o maior placar da rodada: 5 a 0 sobre o boliviano The Strongest. 

Uma volta gigante do Peixe, que não sabia o que era vencer a cinco jogos, e tinha marcado apenas um gol.

Reação importante para o time que é o terceiro colocado do Grupo C, com três pontos.

 O Barcelona, que venceu o Boca Juniors nesta rodada, virou líder com nove pontos. O time argentino tem seis.


Show! Santos faz 5 e 'passeia' em goleada contra o The Strongest pela Libertadores; veja os gols



O Atlético-MG, com outro incrível show de Hulk, também goleou em casa.

Líder isolado do Grupo H, com sete pontos, o Galo aplicou 4 a 0 no paraguaio Cerro Porteño, vice-líder. 

O atacante Hulk marcou dois gols e chegou a quatro em dois jogos. 

Hulk faz dois, e Atlético-MG atropela Cerro Porteño por 4 a 0; VEJA os gols!

 


Na altitude de Quito, o Flamengo bateu a LDU por 3 a 2, no Equador, com dois gols de Gabigol.

Depois de abrir 2 a 0, o time casa empatou, e após o susto, o centroavante fez o gol da vitória em cobrança de pênalti.

O camisa 9 é o novo artilheiro da Libertadores, com cinco gols, ao lado do colombiano Jarlan Barrera, do Atlético Nacional.

Gabigol decide no fim, Flamengo sofre, mas vence a LDU pela Libertadores; veja os gols



E de quebra, Gabigol alcançou Zico, o maior ídolo da história do Flamengo, em número de gols na Libertadores, 16 cada.

O Rubro-negro segue com 100% de aproveitamento com nove pontos, três vitórias. 

O Fla tem o melhor ataque da maior competição sul-americana com 10 gols, ao lado do Palmeiras. 

Gabigol, artiheiro da Libertadores com cinco gols
Gabigol, artiheiro da Libertadores com cinco gols Alexandre Vidal / Flamengo


O Verdão, de Rony, também brilhou fora de casa e venceu o argentino Defensa y Justicia por 2 a 1.

Noite de vingança na Argentina. O Palmeiras bateu o campeão da Recopa Sul-americana e abriu cinco pontos para o vice-líder.

O camisa 7 marcou dois gols na terceira vitória seguida do Palmeiras, ambos com assistência de Luiz Adriano. 

Rony chegou aos quatro gols na competição, e é o vice-artilheiro, ao lado de seis jogadores.

O time verde também está com 100% de aproveitamento e lidera o Grupo A com nove pontos.

Noite mais do que ótima para Palmeiras, Flamengo, Santos e Atlético-MG.

O Brasil é show na Libertadores!

Rony faz dois, Palmeiras vence Defensa y Justicia e segue 100% na Libertadores; VEJA os gols!

 


Comentários

Libertadores: Brasileiros brilham em noite de vitórias, show de Gabigol, Hulk, Rony e Marinho, com 14 gols!

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Com três gols na semifinal, Mahrez coloca City pela 1ª vez na final da Champions League!

Carlos Sartori
Carlos Sartori

O argelino Riyad Mahrez foi o grande nome nos dois duelos da semifinal entre Manchester CIty e PSG, na Champions League. 

O atacante marcou um dos gols da vitória do time inglês por 2 a 1, em Paris, e nesta terça-feira (4), em Manchester, fez os dois do triunfo por 2 a 0. Ele precisou de cinco chutes para marcar os três gols. 

Mahrez, o dono da noite em Manchester!
Mahrez, o dono da noite em Manchester! Twitter Oficial Manchester City

O Manchester City mostrou a sua força com o seu poderoso contra-ataque. Aos 10 minutos do primeiro tempo, Zinchenko recebeu lançamento perfeito do goleiro brasileiro Ederson e avançou pela esquerda. Ele olhou e tocou para De Bruyne sozinho. O belga chutou e no rebote, o oportunista Mahrez abriu o placar!

O segundo de Mahrez saiu em outro contra-ataque fatal. Aos 17 minutos do segundo tempo, Foden tabelou com De Bruyne, avançou pela esquerda e cruzou rasteiro para Mahrez mandar para o fundo das redes. 

Manchester City conta com Mahrez inspirado, bate o PSG mais uma vez e está na final da Champions; veja como foi



Não atual temporada, Mahrez disputou 46 jogos, marcou 14 gols e deu seis assistências. 

Com a camisa do City, o atacante  atuou em 139 partidas, com 39 bolas nas redes e 31 assistências. 

O Manchester City chegou à primeira final na Champions League invicto. Em 12 jogos, 11 vitórias e apenas um empate. 

O time comandado por Pep Guardiola fez 25 gols e sofreu apenas quatro. 

Agora, o City aguarda o vencedor de Real Madrid ou Chelsea para à final da Champions, no dia 29 de maio, em Istambul. 

O time de Mahrez, o dono do jogo, é o franco favorito!

Comentários

Com três gols na semifinal, Mahrez coloca City pela 1ª vez na final da Champions League!

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Manchester City x PSG: Dia de Neymar escrever nova história ou Pep Guardiola chegar a mais uma final?

Carlos Sartori
Carlos Sartori

A missão do Paris Saint-Germain contra o Manchester City no duelo de volta da semifinal da Champions League nesta terça (4), na Inglaterra, é difícil. 

Ainda mais se a dupla de craques, Neymar e Mpappé, não apresentar um bom futebol como aconteceu na ida, em Paris. O francês, artilheiro do clube na Champions com oito gols, é dúvida para o jogo, o que complicaria ainda mais a vida do PSG.

Em entrevista coletiva nesta segunda (3), o técnico Mauricio Pochettino não confirmou a presença do atacante que será reavaliado horas antes da partida. O argentino Icardi poderá ser o substituto caso Mbappé não tenha condições de jogo.

A derrota por 2 a 1, e de virada, para o time inglês, deixou o City com o pé na final. Mas não é um resultado difícil de ser revertido pelos franceses. O PSG tem o segundo melhor ataque  da competição, com 22 bolas nas redes.

Basta acreditar e jogar tudo e mais um pouco. O Paris tem time para dar o troco ou melhor vencer por dois gols de diferença, ou um gol de vantagem a partir de 3 a 2, para chegar à segunda final seguida da competição.  Se vencer por 2 a 1, o jogo irá para a prorrogação, e vitória por 1 a 0, será eliminado. 

Mas se depender do camisa 10 brasileiro, autor de seis gols na Champions, o PSG já está na final. 

"Temos uma partida muito difícil contra o Manchester mas a gente tem que acreditar. Por mais que tenha 1% de chance, mas todo parisiense tem que crer na gente. Eu sou o primeiro que vou dar a cara, sou o primeiro guerreiro, vou em busca dessa guerra. Vou dar tudo de mim, me dedicar, vou trazer essa vitória de qualquer jeito, nem que seja morto", disse Neymar em um vídeo publicado nas redes sociais do clube francês.

Neymar em busca de mais um título da Champions
Neymar em busca de mais um título da Champions Getty Images

Neymar foi campeão da Champions na temporada (2014/2015). O francês Mbappé nunca faturou a taça. 

Ela fará a diferença na carreira e na escolha do melhor jogador da Europa na temporada. 

O Manchester City, time mais valioso do mundo, do craque belga De Bruyne e do técnico Pep Guardiola, faz uma campanha espetacular na Liga dos Campeões. 

Os ingleses estão invictos na maior competição de clubes da Europa. Em 11 jogos, foram 10 vitórias e um empate. O super ataque marcou 23 gols e sofreu quatro. 

Nas mãos de Guardiola, o City virou uma potência na Inglaterra. O técnico conquistou nove títulos. Foi campeão da Premier League nas temporadas (2017/18 e 2018/19), da Copa da Inglaterra (2018/19), da Copa da Liga Inglesa (2017/18, 2018/19, 2019/20 e 2020/21) e da Supercopa da Inglaterra (2018 e 2019).

E se tudo correr bem, o clube poderá chegar à primeira final da Champions League para quem sabe conquistar o primeiro título da competição da sua história. 

Seria a consagração do City e do treinador catalão. O 31° de Pep Guardiola como técnico, e o seu terceiro pela Champions. Ele conquistou duas taças pelo Barcelona (2008/09 e 2010/11). 

"O PSG pode mudar a sua abordagem, o seu treinador é muito inteligente. Eu não sei o que eles vão fazer. Tentaremos impor o nosso jogo o máximo possível. Temos que defender bem, ser pacientes e tentar marcar", disse Guardiola na entrevista coletiva.

Quem avançar, poderá se tornar a 23ª equipe a faturar o título e escrever um novo nome no troféu pela primeira vez desde a conquista do Chelsea, em 2012.

O duelo entre City e PSG será daqueles que valem uma vida! 

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES

Manchester City: Ederson; Walker, Stones, Rúben Dias, João Cancelo; Rodri, Gündogan; Mahrez, Bernardo Silva, Foden; De Bruyne

PSG: Navas; Florenzi, Marquinhos, Kimpembe, Diallo; Verratti, Paredes; Di María, Neymar, Draxler; Icardi

10 gols geniais de Messi com a camisa do Barcelona em cobranças de falta

Comentários

Manchester City x PSG: Dia de Neymar escrever nova história ou Pep Guardiola chegar a mais uma final?

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Crespo já sentiu na pele que “resultadismo” brasileiro é máquina de moer técnicos

Carlos Sartori
Carlos Sartori

Bastou um empate no clássico contra o Corinthians para o treinador argentino Hernán Crespo sentir na pele como os corneteiros de plantão gostam de acionar a buzina, mesmo em boa fase!

O 2 a 2 na casa do rival, foi um ótimo resultado para o Tricolor no Paulistão, mas manteve um jejum incômodo para os torcedores. 

O São Paulo segue sem vencer o Corinthians desde a inauguração do estádio. Agora são quatro empates e dez vitórias do Timão.

Bobagem pura! Crespo não pode entrar nessa onda e deve seguir o ótimo trabalho ignorando esse tipo de torcedor. Deve fazer o que é melhor para o clube, independentemente o que a torcida pensa.

Crespo comanda primeira partida contra o Corinthians, em Itaquera
Crespo comanda primeira partida contra o Corinthians, em Itaquera Rubens Chiri / saopaulofc.net

Crespo agiu corretamente em não mandar o seu time titular a campo. Era desnecessário. O comandante Tricolor tem que se preocupar com o jogo de quarta-feira (5) contra o Racing, na Argentina, pela Libertadores.

O São Paulo tem condições de vencer o Campeonato Paulista e encerrar outro tabu, o de não vencer o torneio há 16 anos.

O Tricolor sobra no estadual, e ainda faz bela campanha na Libertadores. Nos dois torneios, lidera os grupos. 

No Paulistão, tem 14 pontos sobre o segundo colocado, a Ferroviária (26 a 12), e ainda não perdeu nos clássicos: 4 a 0 no Santos, 1 a 0 no Palmeiras e 2 a 2 contra o Corinthians.

Mais do que isso: é o melhor time do campeonato e já está na próxima fase, as quartas de final. O Tricolor soma mais vitórias (8) e tem o melhor ataque com 27 gols. Sobra no Paulistão. 12 a mais do que o Corinthians, o segundo melhor, com 15.

Corinthians vira, São Paulo marca de pênalti no último lance e clássico termina empatado; veja como foi

 


Pelo Grupo E, da Libertadores, 100% de aproveitamento em dois jogos. Dois pontos acima do vice-líder, o argentino Racing (6 a 4). Cinco gols marcados e nenhum sofrido. O segundo melhor saldo da competição, atrás apenas de Palmeiras e Barcelona de Guayaquil, ambos com seis.

Se vencer ou empatar na Argentina, contra o vice Racing, a vida do São Paulo estará tranquila na Libertadores, e é só isso que importa. 

Quantos aos torcedores organizados, que eles continuem a espernear, eles têm esse direito, mas o São Paulo de Crespo é maior do que toda essa crítica. 

Com certeza, uma vitória contra o Corinthians não vale mais do que um campeonato, isso já é ignorância!

Comentários

Crespo já sentiu na pele que “resultadismo” brasileiro é máquina de moer técnicos

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Corinthians x São Paulo: Clássico Majestoso com pinta de goleada Tricolor ou do renascimento do Timão?

Carlos Sartori
Carlos Sartori

Um clássico válido pela 10ª rodada do Paulistão em horário para inglês ver na noite deste domingo (2): 22h15, na casa do Corinthians contra o rival São Paulo.

Em jogo, nada de importante, apenas aumentar os números dessa rivalidade, afinal, as duas equipes lideram com folga os seus grupos e já estão classificadas para a próxima fase, as quartas de final.

O Tricolor, de Daniel Alves, nunca venceu na casa nova do Corinthians
O Tricolor, de Daniel Alves, nunca venceu na casa nova do Corinthians Rubens Chiri/saopaulofc.net

O Corinthians é líder absoluto do Grupo A com 21 pontos, nove a mais sobre a Inter de Limeira, em segundo com 12.

No Grupo B, o São Paulo também é infinitamente superior ao segundo colocado: 25 pontos, 13 a mais do que a Ferroviária com 12.

As diferenças entre o time treinado pelo argentino Hernán Crespo e o do brasileiro Vagner Mancini são enormes em vários quesitos nesse Paulistão.

O São Paulo soma mais vitórias do que o Corinthians (8 a 6). Fez mais gols (25 a 13). Empatam em bolas nas redes (6 cada), mas no saldo de gols uma goleada Tricolor (19 a 7).

É nesse ponto que quero chegar. Com apenas uma derrota em 10 jogos, contra duas do Timão, o São Paulo tem sido um time cruel. Já aplicou três goleadas no Paulistão. Uma delas no clássico contra o Santos: 4 a 0.

O São Paulo venceu dois clássicos, bateu também o Palmeiras por 1 a 0, na casa do adversário. O Corinthians que se cuide!

Mas, o Tricolor carrega um jejum incômodo na casa do Timão e que sempre atrapalha o psicológico do time do Morumbi.

O São Paulo nunca venceu em Itaquera. Em 13 duelos, dez vitórias corintianas e três empates. O Timão marcou 26 vezes, contra apenas dez do Tricolor. Seria a hora da virada?

Enquanto Crespo tem um time titular, e várias opções no banco, Mancini ainda procura 11 jogadores no elenco para montar um time titular competitivo. 

Vencer o melhor time do campeonato, seria a redenção para o Corinthians. Isso dá força e levanta a moral, sem contar que o Timão não está tão desesperado por um título paulista quanto o rival.

O Tricolor não fatura um título estadual há 16 anos. O último foi em 2005, sob o comando do técnico Leão. Rogério Ceni era o goleiro.

O São Paulo, clube acostumado a conquistar títulos, é o gigante paulista com menos taças do estadual (21), a quarta força do Paulistão nesse momento. O Corinthians é o grande campeão (30), Palmeiras (23) e Santos (22).


Red Bull Bragantino sai na frente, mas Santos busca empate com golaço; veja

Comentários

Corinthians x São Paulo: Clássico Majestoso com pinta de goleada Tricolor ou do renascimento do Timão?

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Semifinal do Cariocão: Volta Redonda não perde em casa há 16 jogos e bateu o Flamengo no último duelo no Raulino de Oliveira

Carlos Sartori
Carlos Sartori

Campeão da Taça Guanabara, o Flamengo enfrenta o Volta Redonda neste sábado (1º) no estádio Raulino de Oliveira, no primeiro duelo da semifinal do Campeonato Carioca de 2021.

Apenas quatro jogadores, considerados titulares, não foram relacionados para o jogo pelo treinador Rogério Ceni: Rodrigo Caio e Gérson (contundidos), Filipe Luís e Gabigol (preservados para o duelo contra a LDU, pela Conmebol Libertadores).

Força máxima, essa é a palavra da vez no Flamengo. E faz sentido. O próprio Ceni declarou após a goleada por 4 a 1 sobre o chileno Unión La Calera a dificuldade que teria contra o Voltaço no próximo jogo. Ele evitou falar do duelo de terça-feira (4) contra os equatorianos.

Flamengo bateu Volta Redonda em 2010 com lindo gol de Petkovic e show de promessa; assista


"No momento a minha preocupação é contra o Volta Redonda, foi um adversário duro aqui no Maracanã", disse o técnico rubro-negro.

Preocupação mais do que justa! Na vitória por 2 a 1, na conquista do título da Taça Guanabara, o Flamengo não teve moleza.

O Volta Redonda é um time bom de bola e muito bem treinado por Neto Colucci. Liderou seis de 11 rodadas da Taça Guanabara. Além disso, tem o artilheiro do campeonato, o atacante Alef Manga, com nove gols. Uma equipe com base sólida e que joga junto há um bom tempo.

Mais um detalhe: o Voltaço não perde em casa há 16 jogos e no último duelo contra o Flamengo, no Raulino de Oliveira, venceu por 1 a 0. O triunfo aconteceu no estadual de 2016.

A última derrota do Volta Redonda, em casa, foi para o Ypiranga-RS por 2 a 1, no dia 1° de junho de 2019, pela Série C.  Deste então, foram 16 jogos, com dez vitórias, seis empates, 27 gols marcados e 12 sofridos.

Na casa do Volta Redonda, o time rubro-negro coleciona bons números contra o adversário: 24 vitórias, sete empates e apenas cinco derrotas. 

Pelo elenco que tem, o Flamengo é franco favorito, mas é bom ficar com o alerta ligado. O Tricolor de Aço, em casa, é eletrizante e um perigo!

Arrascaeta foi relacionado para o novo duelo contra o Voltaço
Arrascaeta foi relacionado para o novo duelo contra o Voltaço Alexandre Vidal / Flamengo

Comentários

Semifinal do Cariocão: Volta Redonda não perde em casa há 16 jogos e bateu o Flamengo no último duelo no Raulino de Oliveira

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Flamengo: Como punir o zagueiro Léo Pereira, se Gabigol e Hugo Souza não foram punidos?

Carlos Sartori
Carlos Sartori

*Cinco horas após a publicação desse texto, a assessoria do Flamengo divulgou a punição do zagueiro Léo Pereira (ler no final da matéria)

O Flamengo abriu péssimos precedentes em dois casos anteriores ao do zagueiro Léo Pereira, flagrado em fotos e vídeos em uma festa clandestina.

Na gíria brasileira, “passou um pano” quando o goleiro foi visto em uma festa, e no famoso caso de Gabigol, flagrado em um Cassino, em São Paulo, durante restrições da pandemia do coronavírus.

O clube carioca se calou para a imprensa, sem nota oficial em ambos os casos, e mostrou que algo estava errado no maior time do Brasil. Deixou claro que a vida pessoal pertence aos atletas, e não ao clube.

E não me venham dizer que Gabigol e Hugo foram punidos. Eles não foram. O único atleta punido até agora, no comando de Rogério Ceni, foi o jogador Lincoln por ter ido a uma festa. Ele não teve multa financeira, mas o treinador quis colocar o ex-atacante para treinar com o time sub-20. Lincoln foi parar no Japão.

O caso de Léo Pereira também é sério. O zagueiro faltou ao treino de quinta-feira (29) e não comunicou a ausência para ninguém do clube. Sinais evidentes de um possível descontentamento com a reserva. Será?

Léo Pereira é apresentado no Flamengo
Léo Pereira é apresentado no Flamengo Alexandre Vidal / Flamengo

Nos três casos, o Flamengo deveria ter tomado uma atitude pública, tanto com os seus torcedores, quando com a imprensa.

Gabigol é ídolo do time rubro-negro e tem-se a impressão de que o artilheiro faz o que quer. Punir o goleador? Jamais!

A torcida tem o pé atrás com o goleiro Hugo, e no caso do jogador, ele teve sorte. Uma justa punição prejudicaria e muito a carreira do atleta. Formado na base, o Flamengo não quer manchar a imagem de um garoto surgido no clube.

Quanto a Léo Pereira, o caso dele será diferente. Ele será o pato da história. Nos bastidores, defendem uma punição, pois o atleta não estava em folga, e sim em semana de rodada importante com decisão no Campeonato Carioca. Além disso, não justificou a ausência no treino.

Pesa contra ele o fato de não estar sendo relacionado pelo técnico Rogério Ceni. Um treinador linha dura e que não tem se posicionado como deveria.

Libertadores: Flamengo atropela Unión La Calera com pintura de Pedro; veja os melhores momentos



Não vejo diferença nos três casos. Todos eles estavam em lugares que não poderiam, durante uma pandemia, e correndo riscos. 

Mas aquela velha história, a corda sempre estoura para o lado mais fraco. Léo Pereira sentiu o erro e fechou a sua conta pessoal em uma rede social.

Eu faria o mesmo! Os ataques e as ameaças contra o jogador foram pesadas. Independentemente do erro, ninguém pode ser “cancelado” nas redes sociais como um bandido.

A culpa é só do Flamengo. O clube não agiu como deveria e agora terá que usar dois pesos e duas medidas como justiça.

*Nota divulgada pela assessoria no Twitter oficial do Flamengo

Após faltar ao treino de quinta-feira (29.04), o atleta Léo Pereira se reapresentou hoje (30.04), realizou teste de covid (negativo), foi multado e reintegrado. Não será relacionado para o jogo contra o Volta Redonda. 

Comentários

Flamengo: Como punir o zagueiro Léo Pereira, se Gabigol e Hugo Souza não foram punidos?

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Fred x Gabigol: Três gols cada na Libertadores e recordes no Fluminense e Flamengo em 2021! Quem é o homem-gol?

Carlos Sartori
Carlos Sartori

Dois camisas 9 goleadores. Um veterano, de 37 anos, outro jovem, com 24. Fred e Gabigol são destaques na temporada 2021 do futebol brasileiro.

Os dois somam três gols na Libertadores, em dois jogos. Os atacantes são também os artilheiros das equipes em 2021. 

Fred marcou oito gols em sete jogos, dois na vitória do Fluminense por 2 a 1 contra o Santa Fé, da Colômbia. Média de uma bola na rede a cada 71 minutos. Gabigol fez um a menos, sete, também em sete partidas. Um a cada 98 minutos.

Fred em noite iluminada na Colômbia marca dois
Fred em noite iluminada na Colômbia marca dois LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

Fred, atacante do Fluminense, com os três gols marcados, é o terceiro maior goleador brasileiro da competição com 21 gols, ao lado de Célio e Jairzinho, atrás de Palhinha (25) e Luizão (29).

O centroavante é também o quinto jogador em atividade com mais gols na Libertadores, 21, ao lado do colombiano Miguel Borja. 
Fred fica atrás de jogadores gringos: Lucas Pratto (27), Tevez (26), Esteban Paredes (23) e Santiago Salcedo (22).

O camisa 9 do Tricolor também se tornou o segundo maior artilheiro da história do Fluminense com 185 gols, dois a mais do que Orlando Pingo de Ouro.

Fluminense vence partida tensa contra o Santa Fé na Libertadores em noite inspirada e histórica de Fred; veja como foi


Se Fred faz história no Fluminense, Gabigol escreve novos capítulos a cada jogo com a camisa do Flamengo. Ele já é o maior artilheiro do clube no século XXI, com 77 gols.

Na goleada por 4 a 1 sobre o chileno Unión La Calera, ele fez dois.

Em 19 jogos pela Libertadores com o Flamengo, o centroavante marcou 14 gols e deu duas assistências com 16 participações diretas em bolas nas redes.

Gabigol está a dois gols de Zico, maior ídolo da história do Rubro-negro (16 a 14).


Libertadores: Flamengo atropela Unión La Calera com pintura de Pedro; veja os melhores momentos


Para se ter uma ideia de como o centroavante vai bem na Libertadores, podemos comparar os números dele com Neymar na competição. 

Os dois disputaram 25 jogos, foram artilheiros uma vez e ganharam um título cada. Gabigol marcou até aqui 15 gols, Neymar, um a menos, 14. O craque do PSG é superior em assistências (7 a 2).

Desde 2019 no Flamengo, o atacante Gabigol disputou 110 jogos, marcou 77 gols e deu 24 assistências.

O duelo de Gabigol e Fred em 2021 será interessante. Ainda mais com os dois clubes nas semifinais do Cariocão. O Flu enfrentará a Portuguesa, e o Flamengo, o Volta Redonda. 

Se os gigantes passarem contra os pequenos, a decisão será um clássico Fla-Flu. O bicho vai pegar no Maracanã.

O camisa 9 do Fluminense está na frente com cinco gols contra três do centroavante do Flamengo no estadual.

Nessa disputa, em que cada um marcou dois gols na última rodada da Libertadores, eu não arrisco nenhum palpite.

Fred é o quarto maior artilheiro do Brasileirão com 152 gols e três vezes o maior goleador da competição (2012, 2014 e 2016).

Gabigol foi artilheiro duas vezes (2018 e 2019).

O Fla tem time melhor do que o Flu, mas ambos são goleadores e podem decidir a qualquer momento!

Comentários

Fred x Gabigol: Três gols cada na Libertadores e recordes no Fluminense e Flamengo em 2021! Quem é o homem-gol?

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

FredGol, o veterano artilheiro e ídolo do Fluminense se torna uma lenda!

Carlos Sartori
Carlos Sartori

Uma noite de quarta-feira (28) iluminada para o centroavante Fred na Colômbia. O atacante, de 37 anos, precisou de apenas quatro minutos para abrir o placar e marcar um gol histórico no segundo duelo do Fluminense na Libertadores, contra o colombiano Santa Fé. 

E tinha que ser um golaço para igualar o meia pernambucano Orlando Pingo de Ouro, que atuou no Flu de 1945 a 1954, com 184 bolas nas redes, o segundo maior artilheiro do Tricolor. 

Fred comemora 1º gol em noite histórica na Libertadores
Fred comemora 1º gol em noite histórica na Libertadores LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

O camisa 9 recebeu um toque de calcanhar de outro veterano, Nenê, se livrou da marcação para finalizar com categoria. 

E se o primeiro gol da noite foi histórico, o segundo, mais relâmpago ainda, com menos de um minuto, deu o  gol de número 185 para Fred. 

Agora, ele é o segundo maior artilheiro de todos os tempos do Tricolor. 

Golaço do Fluminense! Kayky rabisca e Nenê dá letra genial para Fred, que dribla zagueiro e marca



Fred está com sede de gol em 2021. Em sete jogos, o atacante mandou oito bolas para o fundo das redes. Um a cada 71 minutos,

O Fluminense marcou três com em dois jogos na Libertadores. Os três do goleador Fred. Um no empate contra o River Plate (1 a 1), e dois na difícil vitória sobre o Santa Fé por 2 a 1. 

O camisa 9 é o terceiro maior artilheiro brasileiro da Libertadores com 21 gols empatado com Célio, atrás de Palhinha (25) e Luizão (29).

Gol do Fluminense! Fred recebe cruzamento perfeito de Egídio e se isola como segundo maior artilheiro do clube

 

O Flu tomou o gol, depois de estar vencendo por 2 a 0, e sofreu muita pressão nos minutos finais após expulsão do lateral Egídio.

O Tricolor divide a liderança do Grupo D empatados em pontos (4), vitória (1), empate (1), gols marcados (3), sofridos (2) e saldo de 1.

O centroavante não conseguirá bater o recorde de Waldo, o maior artilheiro da história do Fluminense, com 319 gols em 403 jogos, de 1954 a 1961, mas com certeza terá uma temporada para a torcida do Tricolor jamais esquecer.

O capitão Frederico Chaves Guedes é a bola da vez do futebol brasileiro!

Manchester City sai atrás, vira sobre o PSG e abre vantagem na Champions; veja os gols

Comentários

FredGol, o veterano artilheiro e ídolo do Fluminense se torna uma lenda!

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

PSG 1 x 2 Manchester City: ingleses fazem treino no 2° tempo em Paris, com Neymar e Mbappé sem brilho, na cidade luz

Carlos Sartori
Carlos Sartori

O duelo de ida das semifinais da Champions League entre Paris Saint-Germain e Manchester City, nesta quarta-feira (28), em Paris, foi um jogo para inglês ver, principalmente no segundo tempo. A equipe de Pep Guardiola parecia estar treinando em casa após a virada por 2 a 1.

O PSG saiu na frente com gol do brasileiro capitão Marquinhos de cabeça, na primeira etapa. O sétimo gol dele em 33 jogos na temporada

Os gols de empate e da virada dos ingleses foram marcados, em apenas sete minutos, no segundo tempo, em duas falhas defensivas do time francês. 

Primeiro, aos 18 minutos, com um lançamento na área do craque e capitão De Bruyne. A bola do meia passou por todos e o goleiraço Navas aceitou. O novo de De Bruyne em 37 jogos na temporada. O belga foi eleito o melhor jogador da partida.

Mahrez comemora gol da virada do City
Mahrez comemora gol da virada do City Getty Images

Depois foi a vez do atacante Mahrez cobrar uma falta e a barreira do PSG abrir para a bola entrar. Dois a um City. O 12º gol de Mahrez em 44 jogos na temporada

A partir daí, o time inglês deu aula e dominou o jogo em ritmo de treino. O City poderia ter feito mais gols e não soube aproveitar o apagão do time de Neymar e Mbappé sumidos em campo. 

A missão do PSG agora ficou mais difícil para o duelo de volta na terça-feira. Os franceses precisarão marcar ao menos dois gols na Inglaterra para avançar à final.

Um novo 2 a 1 a favor do PSG leva o duelo para a prorrogação, e qualquer outra vitória por um gol de diferença beneficiará o time de Neymar e companhia. 

Nada decidido, mas ficou mais difícil para o time francês chegar pela segunda vez seguida à final da Champions League.

Ainda mais quando olhamos os números do City. Em 54 jogos na temporada, o time de Guardiola perdeu cinco vezes, duas em casa por dois gols de diferença.

De Bruyne e Mahrez marcam, Manchester City vira sobre o PSG e larga na frente na semi da Champions; veja como foi

Comentários

PSG 1 x 2 Manchester City: ingleses fazem treino no 2° tempo em Paris, com Neymar e Mbappé sem brilho, na cidade luz

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Palmeiras 5 a 0 na Libertadores: Uma vitória com V de Verdão!

Carlos Sartori
Carlos Sartori

Atual campeão da Libertadores, o Palmeiras estava devendo uma grande apresentação para a torcida verde e ela veio em grande estilo na noite desta terça-feira (27), no Allianz Parque. 

O Verdão goleou o Independiente Del Valle por 5 a 0 com gols de Rony (2), Luiz Adriano, Patrick de Paula e Danilo Barbosa. 

Um triunfo gigante de quem vai brigar pelo tri. E poderia ter feito mais no massacre na segunda vitória seguida na competição. 

Incrível como o camisa 7 Rony é um jogador diferente na Libertadores. O atacante comandou o Verdão com dois gols e assistência. 

Rony foi o dono da noite na goleada do Verdão
Rony foi o dono da noite na goleada do Verdão Cesar Greco / Palmeiras

Outro atacante também foi destaque. Luiz Adriano marcou o segundo na goleada e se livrou da zica que o perseguia há 12 jogos. 

O camisa 10 não mandava uma bola para o fundo da rede desde o clássico contra o Corinthians, em janeiro. 

O passe para o gol do fim de jejum do atacante foi de Patrick de Paula. 

O volante foi premiado com o terceiro do Verdão. O de número 12 mil na história do Palmeiras. 

E teve ainda, o primeiro gol de Danilo Barbosa com a camisa do Palmeiras. 

À noite foi mais especial do que esses números por um motivo importante. 

O adversário equatoriano goleado pelo Verdão, eliminou o Grêmio da competição, com duas vitórias, e ganhou vaga na fase de grupos. 

Com seis pontos, o Palmeiras terá um fantasma pela frente na próxima rodada da Libertadores, no dia 4 de maio, na Argentina, contra o Defensa y Justicia. 

O Verdão perdeu a Recopa Sul-americana nos pênaltis para o time argentino. 

Os dois títulos perdidos pelo Verdão para o Defensa e Flamengo recentemente, fizeram Abel Ferreira mudar o esquema do time com três zagueiros. 

O técnico português disse que com três defensores, o time seria mais ofensivo e ele provou na prática  que esse Palmeiras pode ir longe com a agressividade de um campeão.

Rony exalta ‘concentração’ do Palmeiras e fala sobre goleada: ‘Fruto do nosso trabalho’

Comentários

Palmeiras 5 a 0 na Libertadores: Uma vitória com V de Verdão!

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Pedro não pode ser reserva no super Flamengo de Rogério Ceni!

Carlos Sartori
Carlos Sartori

O técnico Rogério Ceni tem um problema bom para resolver no Flamengo. Qual treinador não gostaria de ter um atacante como Pedro no banco? Nenhum!

O bom comandante acharia um espaço para o centroavante jogar entre os 11 titulares. Não é tão difícil, basta pensar grande e para frente. Ousadia não faz mal a ninguém!

Pedro é diferenciado e a prova está no golaço que marcou nesta terça-feira (27), na goleada do Flamengo sobre o chileno Unión La Calera por 4 a 1, no Maracanã.

Pedro comemora golaço no Maracanã
Pedro comemora golaço no Maracanã Alexandre Vidal / Flamengo

O atacante substituiu Bruno Henrique, que estava bem na partida, e tinha dado duas assistências, e um minuto depois, marcou um golaço.

Pedro recebeu a bola de Vitinho, dominou com categoria, entrou na área, passou por um defensor, deixou outro no chão, e de cavadinha, tocou por cima do goleiro. Um espetáculo!

Foi o quarto gol de Pedro em seis jogos pelo Flamengo na temporada 2021. O 27º em 60 partidas pelo clube carioca.

Uma pena ver um talento desse fora do time titular.

Se eu fosse o Ceni, não pensaria duas vezes em fazer essa mudança.

Eu tenho até uma ideia, mas só falo se me ligar.

No banco, Pedro não pode ficar!

Golaço do Flamengo! Espetacular! Pedro deixa marcador estirado na área, dá cavadinha genial e faz o quarto

 



Comentários

Pedro não pode ser reserva no super Flamengo de Rogério Ceni!

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Flamengo voou tranquilo no Maracanã, com craque Arrascaeta e Gabigol decisivos!

Carlos Sartori
Carlos Sartori

O Flamengo conquistou a segunda vitória seguida pelo Grupo G da Libertadores, nesta terça-feira (27), ao bater o chileno Unión La Calera por 4 a 1, no Maracanã. Gols de Gabigol (dois), um de Arrascaeta e um golaço de placa de Pedro. O Rubro-negro é líder isolado com 100% de aproveitamento.

Sobra talento nesse time do Flamengo e a fase artilheira do uruguaio Arrascaeta nessa temporada chama atenção. 

Em seis jogos, o meia esquerda marcou cinco gols. Ele fez o segundo do Flamengo e chegou a 35 bolas nas redes, em 108 partidas. 

O gol saiu de um contra-ataque rápido iniciado pelo uruguaio, no campo do rubro-negro. Arrascaeta tocou para Bruno Henrique, recebeu de volta, e escolheu o canto para marcar. 

Com o passe para Gabigol abrir o placar, quatro minutos antes,  foram 35 assistências com 69 participações diretas de Arrascaeta em gols do time rubro-negro. 

O uruguaio iniciou a jogada na lateral do campo, deu passe para Gérson, e de pé em pé, recebeu de primeira para lançar para Gabigol, também de primeira, fazer o 76º dele com a camisa do Flamengo.

Arrascaeta comemora o segundo gol do Flamengo
Arrascaeta comemora o segundo gol do Flamengo Alexandre Vidal / Flamengo

E ainda poderia ter aumentado esse número de garçom, se Bruno Henrique não tivesse tropeçado na bola na cara do gol nos minutos finais da primeira etapa. Gerson até marcou, mas anulado pela arbitragem por falta do volante. 

A tranquilidade do primeiro tempo, que não virou goleada, se transformou em sufoco no segundo.

O time chileno diminuiu, aos 11 minutos com o atacante Sáez, e botou pressão no Rubro-negro.

Mas foi por pouco tempo.  O Unión La Calera cometeu o erro de se expor demais, e fazer isso contra o Flamengo, é pedir para ser goleado. 

Aos 33 minutos, o atacante Bruno Henrique deu a sua segunda assistência no jogo, em ótimo lançamento na área, para Gabigol fazer o terceiro do Flamengo. O sétimo dele em oito jogos, em 2021. O de número 77º pelo Flamengo.

Pedro entrou no lugar de Bruno Henrique,  e um minuto depois da substituição, recebeu bola do veloz Vitinho, em grande jogada individual,  para marcar um golaço. Ele driblou dois defensores e de cavadinha fez o quarto do jogo. O 27º do atacante em 60 jogos pelo Flamengo.

Uma goleada para deixar o Flamengo com 100% de aproveitamento no Grupo G e tranquilo para a caminhada do tri da Libertadores.

Golaço do Flamengo! De pé em pé! Gerson mete linda bola, Arrascaeta dá no meio e Gabigol abre o placar






Comentários

Flamengo voou tranquilo no Maracanã, com craque Arrascaeta e Gabigol decisivos!

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

ViniDay ou GabiDay: quem vai brilhar nesta terça especial?

Carlos Sartori
Carlos Sartori

Uma terça-feira (27) com grandes torneios para os amantes do futebol! Na melhor competição da Europa, a Champions League, vários brasileiros em campo. E na Libertadores, dia de Flamengo, o melhor time do Brasil, e talvez, da América do Sul.

O Real Madrid inicia a fase semifinal contra o Chelsea, em casa, no Santiago Bernabéu. Todos aqui no país do futebol estarão de olho em Vinícius Júnior, o meia-atacante do time merengue, em boa fase.

Vinícius Júnior comemora gol pelo Real
Vinícius Júnior comemora gol pelo Real Twitter Oficial Real Madrid

Em 42 jogos na temporada 2020/21, o ex-Flamengo marcou seis gols e deu seis assistências. Na Champions, foram 10 jogos, três gols e duas assistências.

Na competição, o time espanhol venceu seis, empatou duas, perdeu duas, anotou 18 gols, sofreu 11, com saldo de sete. 66,7% de aproveitamento. Quatro vitórias, nas últimas quatro partidas.

A participação do adversário inglês na Champions é melhor com 76,7%. O Chelsea em 10 partidas, venceu sete, empatou duas, sofreu uma derrota, marcou 19 gols, sofreu apenas três, com um saldo gigante de 16. A equipe vem de três vitórias e um empate nos últimos quatro jogos.

Na história do confronto, o Chelsea se saiu melhor com duas vitórias e um empate. O Real Madrid nunca venceu. 

Mas por jogar em casa, e em um dia especial, acredito que o brasileiro Vinícius Júnior será destaque da partida. Aposto em um gol do jovem atacante, nascido em São Gonçalo, no Rio de Janeiro. E na vitória do Real Madrid!

Para Osvaldo Pascoal, Flamengo é 'favoritaço' contra o Unión La Calera

 


Líder do Grupo G na Libertadores com três pontos, o Flamengo receberá nesta noite de terça, o chileno Unión La Calera, no Maracanã. Aposto tranquilamente na vitória do Rubro-negro, e de goleada.

No duelo da segunda rodada, da maior competição de clubes da América do Sul, claro que terá gol de Gabigol. Aposto em um dia de brilho do goleador.

Em sete jogos em 2021, o centroavante do Mengão marcou cinco gols. Na Libertadores, o camisa 9 fez um na vitória por 3 a 2 sobre o argentino Vélez Sarsfield, na estreia.

Terça-feira especial com dois jogadores bons de bola. Dois jogos imperdíveis para quem gosta do futebol bem jogado e com muitos gols! 

Detalhe: serão cinco clubes brasileiros jogando na Libertadores! Mas a terça será do #ViniDay e #GabiDay

Comentários

ViniDay ou GabiDay: quem vai brilhar nesta terça especial?

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

No Dia do Goleiro, minha homenagem para o técnico Rogério Ceni

Carlos Sartori
Carlos Sartori

Ele é um dos maiores ídolos do São Paulo como jogador, o goleiro-artilheiro, e quando iniciou a carreira como técnico foi execrado pelos próprios torcedores e clube que o amavam.

Rogério Ceni escolheu duas das profissões mais difíceis no futebol, a de goleiro e a de treinador. A terceira é a de árbitro, não nessa ordem.

E nesse 26 de abril, considerado o Dia do Goleiro, presto a minha homenagem, ou seria, solidariedade, ao técnico Ceni.

Não vou falar dos 131 gols marcados por ele como arqueiro. Dos 61 gols de falta ou dos 69 em cobranças de pênaltis. Nem das 51 penalidades defendidas.

Vou traçar o seu pouco tempo na carreira como treinador iniciada em novembro de 2016. Em menos de cinco anos, ele já comandou quatro clubes: São Paulo, Fortaleza (duas vezes), Cruzeiro e Flamengo.

Ceni abraça Gabigol após título da Taça Guanabara
Ceni abraça Gabigol após título da Taça Guanabara Alexandre Vidal / Flamengo

Ceni fracassou no Tricolor paulista, a sua casa, e na Raposa teve uma passagem relâmpago e confusa. Brilhou no Tricolor do Pici e colocou o clube cearense em outro patamar. Rogério virou uma realidade e o treinador mais cobiçado, hoje, aos 48 anos de idade.

Foram quatro títulos no Fortaleza: Brasileirão Série B (2018), Copa do Nordeste (2019) e Campeonato Cearense (2019 e 2020). 

Com esse sucesso no Nordeste, virou unanimidade para assumir o Flamengo. Aliás, a torcida do Flamengo pediu e apoiou a contratação.

Ceni foi apresentado no Rubro-negro no dia 10 de novembro de 2020, quando assinou contrato até o final do ano de 2021, data do término do mandato do presidente Rodolfo Landim.

Até agora, Rogério Ceni comandou a equipe em 29 jogos com 15 vitórias, sete empates, sete derrotas, com 56 gols marcados, 37 sofridos e aproveitamento de 59,7%. Foi campeão Brasileiro de 2020 e da Supercopa do Brasil 2021.

Oficialmente, o Flamengo não contabiliza o título da Taça Guanabara conquistado, neste sábado (24), na vitória por 2 a 1 sobre o Volta Redonda, no Maracanã. Para o clube, é título de turno.

Rogério Ceni responde se Pedro e Gabigol podem atuar juntos no Flamengo

 

Apesar do sucesso no comando do melhor time do Brasil, Ceni sofre diariamente com os dissabores dos tempos em que era goleiro. Se joga bem 10 partidas, e depois toma um frango, é questionado, passa ser o pior do mundo.

A torcida do Flamengo é muito exigente. Não entende que em futebol tem um outro adversário com capacidade de bater o melhor time.
No comando do Rubro-negro, Rogério Ceni sempre estará na corda bamba como se fosse um goleiro. 

Basta ver o que aconteceu com Gabigol recentemente. O jogador pisou feio na bola no caso do Cassino, mas a diretoria “passou o pano” e abafou a história.

Mas se o Flamengo perder, mesmo com os jogadores não fazendo nada em campo, a culpa será do treinador. Ceni é massacrado nas redes sociais com a hashtag #ForaCeni E quase sempre ninguém da diretoria aparece para defender.

No “resultadista” futebol brasileiro, os jogadores sambam e os técnicos dançam!

Flamengo deve vender Everton Ribeiro? Mário Marra responde e analisa possibilidades

Comentários

No Dia do Goleiro, minha homenagem para o técnico Rogério Ceni

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Final do Cariocão 2021 terá o gigante clássico Fla-Flu ou pode pintar zebra?

Carlos Sartori
Carlos Sartori

A última rodada (11ª) do Campeonato Carioca definiu o posicionamento dos quatro semifinalistas da competição e os confrontos que acontecerão nos dois próximos finais de semana.

Com a derrota para o Flamengo por 2 a 1, neste sábado (24), o então líder Volta Redonda perdeu o título da Taça Guanabara e caiu para a quarta posição. Azar da sensação do torneio. Agora o Tricolor de Aço terá pela frente o time Rubro-negro, bicampeão da Taça Guanabara.

A Portuguesa que era a quarta colocada goleou o Boavista por 4 a 2, também no sábado, chegou aos mesmos 21 pontos do Voltaço e número de vitórias (6), mas como marcou mais gols (20 a 18), ganhou a terceira posição.

Com isso, a Lusa enfrentará o Fluminense no outro duelo da semifinal. O Tricolor que poderia ter sido campeão da Taça Guanabara, caso Flamengo e Volta Redonda empatassem, goleou o Madureira por 4 a 1, neste domingo (25), e terminou com a vice-liderança da competição, um ponto atrás do Flamengo (23 a 22) e com o mesmo número de vitórias (7).

Fluminense goleia o Madureira com pintura de joia; VEJA gols

 



Entre os quatro semifinalistas, em 11 rodadas, o Flamengo teve o melhor ataque com 23 gols. Fluminense e Portuguesa anotaram 20 e o Volta Redonda, 18.

A defesa menos vazada desse G-4 foi a da Lusa com oito gols sofridos. Seguido por Flamengo (10), Fluminense (11) e Voltaço (13).

O Flamengo também teve saldo de gols superior aos rivais (13). A Lusa ficou em segundo (12), Flu (9) e o Volta Redonda (5).

Michael e Vitinho marcam, Flamengo vence o Volta Redonda e conquista a Taça Guanabara; veja os gols

 


Não pensem que Flamengo e Fluminense terão tranquilidade na semifinal nos confrontos com times considerados pequenos. 

Volta Redonda e Portuguesa fizeram excelentes campanhas nas 11 rodadas. Além disso, os dois técnicos, Neto Colucci (Volta) e Felipe Surian (Lusa), são bons profissionais e conhecem de futebol.

É óbvio que quando comparamos os elencos no papel, Flamengo e Fluminense são superiores, e não seria diferente com a força e tradição dos dois gigantes do futebol brasileiro.

Flamengo e Volta Redonda farão mais dois jogos pelo Cariocão
Flamengo e Volta Redonda farão mais dois jogos pelo Cariocão Marcelo Cortes / Flamengo

Afinal, futebol se decide dentro de campo, 11 contra 11, e tudo pode acontecer. Muitos vão apostar em uma final com um clássico Fla-Flu, o que seria bom de ver.

Mas não me surpreenderia com uma “zebra”, ou melhor, com um dos dois “pequenos” na final. Ainda mais com os gigantes disputando a Libertadores, na primeira semana de maio, e mandando a campo os times alternativos. 
Comentários

Final do Cariocão 2021 terá o gigante clássico Fla-Flu ou pode pintar zebra?

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Volta Redonda em outro patamar: conheça o segredo do sucesso do líder do Campeonato Carioca! Vai bater o Flamengo?

Carlos Sartori
Carlos Sartori

Com certeza, o Volta Redonda nesse momento é muito mais do que a quinta força do Campeonato Carioca. 

O clube é o líder da competição e enfrenta neste sábado (24), o poderoso Flamengo, vice-líder com um ponto a menos (21 a 20).

Quem vencer o duelo nessa última rodada (11ª) será o campeão da Taça Guanabara. O empate fará com que o Voltaço fique com esse troféu pela segunda vez na história. Justo e mais do que merecido.

Não duvido que isso possa acontecer. O Tricolor de Aço liderou seis de 10 rodadas da competição e tem a sensação do campeonato, o artilheiro Alef Manga, com nove gols.

Volta Redonda é o líder e melhor time do Cariocão
Volta Redonda é o líder e melhor time do Cariocão André Moreira / Volta Redonda

No ano passado, o Voltaço disputou as duas semifinais, da Taça Guanabara e da Taça Rio.

Não pense que tudo isso é pura sorte. Nos bastidores, o trabalho é sério e capitaneado pelo vice-presidente de futebol, Flávio Horta Júnior. Ele montou uma equipe forte e tirou o Voltaço do limbo.

"É o equilíbrio. A gente está na gestão do clube no sexto ano. Nós pegamos o Volta Redonda e o clube não estava em nenhuma divisão do Campeonato Brasileiro. Eu costumo brincar que a gente estava na Série E, sem divisão. Conseguimos em 2015 jogar à Série D. Não fomos bem. Em 2016, fomos campeões invictos. E de lá pra cá, a gente tem conseguido mesclar bastante o nosso time. Com 18 atletas formados na base, nos permite investir um pouco mais no time titular. Qualquer posição que precisarmos, a base vai nos atender", revela Horta Junior.

Quem conhece futebol, já ouviu falar nesse nome. O pai do advogado Flávio é um velho conhecido. Um cartola das antigas e que preside o time da cidade de Volta Redonda.  

O filho é o responsável pelo comando do time. Um dirigente antenado com as novas tendências do futebol e esperto. 

Um cartola bom de papo e com boas ideias. Ele defende o clube com unhas e dentes, mas com foco no futuro. O objetivo é disputar à Série C, depois da eliminação precoce da Copa do Brasil. 

Definiria Flávio Horta Júnior como um Marco Braz, o famoso dirigente do Flamengo, mas com duas diferenças: mais inteligente e como menos dinheiro. 

E isso faz uma grande diferença para um time que tem em seu elenco 18 atletas formados na base recebendo em média de R$ 1 a 2 mil, outros experientes jogadores escolhidos a dedo no mercado e o técnico Neto Colucci, um comandante jovem com o time nas mãos. 

"Agora é curtir esse momento, vamos enfrentar o melhor time do mundo , orgulhoso do que a gente fez até aqui, mas ciente que dá pra ir mais um pouquinho", diz o consciente dirigente.

É claro que todo esse trabalho poderá não ser suficiente para derrubar o super Flamengo. 

Mas coube ao destino que um time considerado pequeno em investimentos encontrasse pela frente a melhor equipe  do Brasil na última rodada do Cariocão. 

"Conseguimos a classificação com duas rodadas de antecedência. Não somos líderes há algumas rodadas, duas, três, somos na 10ª. Temos 21 pontos na competição. A gente tem convicção, do que tínhamos para fazer, a gente fez. Agora é ver o que essa semifinal reserva pra gente. Mas muito orgulhoso do trabalho e do fruto que estamos colhendo aqui". disse Horta.

Nada é por acaso. O que poderia ser apenas um jogo para preencher tabela, virou a decisão do campeonato. 

Emoção é o que não vai faltar entre os dois melhores times do futebol carioca neste sábado!

Gol de Richarlison! Brasileiro dá lindo drible, bate sem ângulo e vê goleiro do Arsenal levar frango impressionante

Comentários

Volta Redonda em outro patamar: conheça o segredo do sucesso do líder do Campeonato Carioca! Vai bater o Flamengo?

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Flamengo x Volta Redonda: Artilheiro do Cariocão, Alef Manga quer camisa do ídolo Bruno Henrique! Será que vai rolar essa humildade na decisão?

Carlos Sartori
Carlos Sartori

O duelo entre o líder Volta Redonda e o vice Flamengo neste sábado (24), no Maracanã, vale o título da Taça Guanabara na última rodada (11ª). 

Vale também um pedido especial do artilheiro do Campeonato Carioca com nove gols, Alef Manga. 

O atacante do Volta Redonda tem Bruno Henrique como ídolo e referência. A sua maior inspiração. 

“Muitas pessoas que conhecem o meu estilo de jogo falam que eu pareço muito com o Bruno Henrique do Flamengo. Sempre eu estou acompanhando os jogos dele, pois as características são as mesmas que a minha. Gosto muito dele,  sou o fã número 1”, revelou o artilheiro. 

Artilheiro do Cariocão, Alef Manga comemora mais um gol
Artilheiro do Cariocão, Alef Manga comemora mais um gol André Moreira/VRFC

O goleador do Voltaço já teve um encontro com Bruno Henrique quando defendia o Resende no ano passado. Foi no intervalo do jogo vencido pelo Flamengo por 3 a 1. E advinha quem fez o gol de honra do Resende? 

“Eu tive a oportunidade de falar com ele no intervalo, tenho até uma foto. Inclusive ele até me elogiou e disse que tinha um irmão mais novo do outro lado, rs. Brincou comigo e aquilo ficou na minha memória até hoje. Não só ele. O Rafinha e o Diego Alves elogiaram muito o meu trabalho. A gente sabia que o jogo ia ser difícil, mas sair do banco de reserva e fazer o gol com 53 mil torcedores no Maracanã, não tem explicação. Você via os caras pela televisão, os caras são diferenciados, e você faz um gol contra eles, fica na memória”, disse o feliz Alef. 

Em uma entrevista, que circula nas redes sociais do Cariocão, o goleador elogiou o atacante rival e fez um pedido inusitado: Manga quer a camisa do jogador Rubro-negro de presente. 

O vídeo foi entregue para a assessoria do Flamengo e existe a expectativa do encontro entre os dois jogadores, antes ou no final da partida. 

Alef Manga é o destaque do melhor time do campeonato. O Volta Redonda lidera com um ponto a mais do que o Flamengo (21 a 20).

Quem vencer, levantará a Taça Guanabara. Em caso de empate, o Fluminense poderá faturar o caneco no domingo (25), caso vença o Madureira. 

O Tricolor soma 19 pontos, dois a menos do que o Voltaço. As três equipes mais a Portuguesa avançaram à semifinal do Carioca. 

Torço para que o melhor levante a taça, e que o time Humildade FC entre em campo com carisma para realizar o sonho possível de Alef Manga. 

Um cara simples, de 27 anos, e que até aqui faz história no Cariocão com nove bolas nas redes. 

O camisa 11 do Voltaço é bom de bola e sabe fazer gols. O Flamengo que se cuide, mas nesse caso Alef Manga estará com a camisa amarela e preta do melhor time do Campeonato Carioca. 

O Tricolor de Aço poderá estragar a festa do Rubro-negro. Eu não duvido!

'Flamengo é mais que o River': comentaristas da ESPN na Argentina discutem sobre favoritos da Libertadores

Comentários

Flamengo x Volta Redonda: Artilheiro do Cariocão, Alef Manga quer camisa do ídolo Bruno Henrique! Será que vai rolar essa humildade na decisão?

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Raphael Veiga é o craque do Palmeiras com golaços de encher os olhos!

Carlos Sartori
Carlos Sartori

O meia Raphael Veiga tem 25 anos, 1,78m e muito talento. Por pouco, ele não foi embora do Palmeiras na época em que o técnico era Mano Menezes. Veiga se sentia desprestigiado e a torcida tinha um pé atrás com o jogador.

Mas bastaram alguns jogos como titular para Raphael Veiga dar a volta por cima e virar o “camisa 10” legítimo do Verdão, mesmo usando a 23. 

Titular absoluto do técnico Abel Ferreira, Veiga tem habilidade e faro de artilheiro. O meia sabe marcar gols e quase todos bonitos com a sua canhotinha. Aliás, a potência do chute impressiona.

Foi assim no segundo do Palmeiras na vitória dramática contra o peruano Universitário por 3 a 2 na estreia do atual campeão na Libertadores. Ele recebeu um passe de Rony e soltou uma bomba. 

Com o belo gol no ângulo, Veiga chegou a 29 bolas na rede com a camisa do Verdão. Ele já faz parte do Top 100 de maiores artilheiros da história do clube.

Raphael Veiga comemora mais um belo gol
Raphael Veiga comemora mais um belo gol Cesar Greco / Palmeiras

Raphael Veiga está ao lado de famosos jogadores como Dudu, o volante da Academia do Verdão, Carlos Alberto Seixas, Éneas e Magrão.

Dos 114 jogos disputados pelo Palmeiras, Veiga atuou em 67 como titular. Além dos 29 gols, deu seis assistências. Ele é o segundo artilheiro do elenco verde no geral. Só fica atrás de Willian Bigode com 56 gols.

No ano passado, o meia foi artilheiro do Verdão no Brasileirão com 11 gols, um a mais do que o atacante Luiz Adriano (10).

Golaço do Palmeiras! Luan dá lançamento perfeito, Rony ajeita e Raphael Veiga solta a bomba no ângulo

 


Raphael Veiga já é uma realidade no Palmeiras. No meio de jogadores experientes como Lucas Lima e Gustavo Scarpa, ele é a peça fundamental no time. Os dois meias que deveriam ser os titulares, não vingaram, e o camisa 23 tomou a posição na base do serviço.

Nessa temporada,  ele participou de quatro jogos e marcou quatro gols. Raphael Veiga é o quarto maior artilheiro do novo estádio do Verdão, o Allianz Parque, com 15 gols, atrás apenas de Borja (19), Willian (21) e Dudu (33).

O meia habilidoso deveria ganhar a camisa 10 do Palmeiras, assim como Rony recebeu a 7. Raphael Veiga mostra em campo ser o melhor do time, o cara que carrega o piano, faz os gols que os atacantes deveriam fazer, e joga com um salário bem menor do que os medalhões que se escondem no banco de reserva.


Que categoria! Raphael Veiga dá lindo chapéu e sai jogando com tranquilidade absurda

 

Comentários

Raphael Veiga é o craque do Palmeiras com golaços de encher os olhos!

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

mais postsLoading